Fazcultura

23/01/2019 11:20

JAM no MAM acontece no próximo sábado misturando o choro ao jazz

a
Foto: Lígia Rizério

Que musicalidade pode surgir a partir da mistura entre o choro e o jazz? É exatamente isso que o público formado por baianos e turistas que vem enchendo a JAM no MAM nas últimas semanas vai descobrir no próximo sábado (26), no Solar do Unhão, na Avenida Contorno, quando o projeto receberá a flautista baiana Elisa Goritzki para o show de abertura da jam session mais concorrida do país. O “Chorezz” desenvolvido por Elisa junto a outros instrumentistas da Bahia começará a soar às 18h, iniciando o encontro musical que seguirá com a performance da Geleia Solar, banda base da JAM e responsável por instigar as trocas sonoras ao longo da noite.

Na abertura que fará na JAM no MAM, Goritzki estará com seu grupo para mostrar um pouco das experimentações sonoras do “Chorezz”, movimento que divide com os músicos Leandro Tigrão (flauta), Ivan Huol (bateria), Bruno Aranha (teclado) e Felipe Guedes (baixo) para diminuir possíveis distâncias entre o choro brasileiro e o jazz, a partir de interpretações onde os dois gêneros musicais se fundem. A performance musical da noite contará ainda com a participação de Matias Traut (trombone).

Essa edição da JAM no MAM tem patrocínio da Bahiagás, vinculada à Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra), e do Governo do Estado através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda (Sefaz) e Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA). É um projeto da Huol Criações, tem apoio do Museu de Arte Moderna da Bahia e acontece aos sábados no Solar do Unhão, ao ar livre e de frente para o mar, com ingresso a preço popular (R$ 8,00, a inteira). As próximas jam sessions estão programadas para os dias 09 e 16 de fevereiro.

Elisa Goritzki - Doutora em Flauta Transversal pela Universidade Federal da Bahia e com especialização na Escola Superior de Música de Stuttgart, Alemanha, Elisa Goritzki possui formação musical erudita, mas logo se interessou pela tradição das rodas de choro e o repertório essencialmente brasileiro que emana da cultura popular e do universo instrumental nacional. Ela realizou recitais e workshops de choro no Brasil, Alemanha, Suíça, França e Itália, e, em Salvador, fundou e coordenou o projeto Roda de Choro do Teatro Vila Velha (que, há alguns anos, transferiu-se para o espaço cultural Casa da Mãe).

FAZCULTURA – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.

SERVIÇO

Agenda:
Dia 26/01 – JAM no MAM com Patrocínio Bahiagás e Governo do Estado da Bahia
Dia 09/02 – JAM no MAM edição Fã da JAM
Dia 16/02 – JAM no MAM edição Fã da JAM
Local: Área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia (Av. Contorno, s/n, Solar do Unhão).
Horário: Das 18h às 21h.
Ingresso: R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia). Vendas na bilheteria do local no dia da jam session, a partir das 17h.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.