Cultura

09/05/2016 09:15

Sarau da Imprensa discutirá arquitetura e urbanismo no Centro Histórico

Para discutir o que tem sido feito pela manutenção do conjunto histórico, cultural e urbanístico da região, a quinta edição do Sarau da Imprensa debate o tema Arquitetura, Urbanismo, Centro Histórico: o Real Des-visto. O evento conta com a participação da arquiteta Iara Sydenstricker, a jornalista especializada em patrimônio material e imaterial, Mary Weinstein, e o superintendente regional do Iphan, Fernando Ornelas. O encontro será no dia 12 de maio, às 19h, na Associação Bahiana de Imprensa (ABI) e terá como atração musical de Ubiratan Marques & Asé Ensemble. O evento também celebrará o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa, comemorado em 03 de maio. A entrada é gratuita e livre para estudantes, profissionais liberais, classe artística, jornalistas, comunicólogos, intelectuais, formadores de opinião e demais interessados. O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Mediador do projeto, o jornalista Ernesto Marques destaca as transformações na estrutura arquitetônica e urbanística vividas pela cidade nas últimas décadas, sobretudo desde a implantação do Pólo Petroquímico de Camaçari e a construção do Centro Administrativo da Bahia. Essas mudanças ganham contornos específicos quando a cidade é observada a partir do Centro Histórico – que compreende locais conhecidos mundialmente como o Pelourinho, Elevador Lacerda, Praça Castro Alves e Mercado Modelo.

“O tema é complexo e não se esgota num debate, mas a cidade precisa manter-se em reflexão enquanto todos os atores deste processo precisam dizer às claras o que pensam e desejam para o Centro Histórico”, provoca Ernesto Marques. O mediador dos debates dos Saraus da Imprensa insiste na necessidade dos empresários com investimentos na área se apresentarem ao debate público.

Entidades como Movimento Sem Teto da Bahia, Associação de Moradores da Gamboa de Baixo, Movimento Nosso Bairro é 2 de Julho e Artífices da Ladeira da Conceição da Praia criaram o movimento O Centro Sangra, que luta pela preservação do Centro Histórico e denuncia a demolição de imóveis centenários, a especulação imobiliária na região e atos de expulsão e violência contra a população do local.

Atração musical –
O encerramento da quinta edição do Sarau da Imprensa terá apresentação musical de Ubiratan Marques & Asé Ensemble, que tem como base elementos da cultura afrobrasileira. O repertório conta com músicas como Yemanjá, Luiz, Ibeji, e as inéditas Lodô Inã e Orin Ori, compostas em parceria com Mateus Aleluia especialmente para o projeto. Ubiratan Marques & Asé Ensemble já realizou apresentações no projeto Concerto nas Igrejas, em espaços como Ordem Terceira do São Francisco, São Pedro dos Clérigos e Igreja do Rosário dos Pretos, além do Museu da Misericórdia.

O Sarau da Imprensa prossegue até o mês de junho, sendo um encontro por mês, sempre às quintas-feiras, a partir das 19 horas. Para abordar temas contemporâneos, o projeto sempre trará a participação de especialistas, além de apresentações artísticas que dialogam com cada tema proposto.

Convidados


Mary Weinstein – Doutora em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Mary Weinstein trabalhou em vários meios de comunicação, como TV Bahia, TVE e jornal A Tarde. Neste último, concentrou-se na cobertura de cidades e patrimônio cultural, problematizando questões importantes relacionadas à convivência urbana e à preservação de aspectos de Salvador. Foi autora da série de reportagens sobre o Corredor da Vitória, que chegou a ter doze de seus imóveis tombados durante um ano. Atualmente, Mary Weinstein é professora do curso de Jornalismo da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Vitória da Conquista, onde coordena o projeto de pesquisa e extensão Jornalismo, Cidade e Patrimônio Cultural.

Iara Sydenstricker – Professora no Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (CECULT-UFRB), Iara Sydenstricker é doutora em Artes Cênicas (UFBA) e mestre em Planejamento Urbano e Regional (IPPUR/UFRJ). Em 2012 concluiu pesquisa de pós-doutorado sobre narrativas transmidiáticas para a dramaturgia audiovisual (UFBA-FAPESB). Também é sócia-fundadora da Associação dos Roteiristas de Televisão, Cinema e Outras Mídias. Escritora, roteirista e arquiteta, dedica-se à criação de obras literárias e de programas audiovisuais e a atividades de ensino e pesquisa.


Ubiratan Marques & Asé Ensemble
– Pianista, compositor, produtor musical e regente, Ubiratan Marques é soteropolitano e iniciou seus estudos autodidáticos em 1983. Em 1986, ingressou na Universidade Federal da Bahia, onde estudou composição. Em novembro de 2015, estreou o projeto Asé Ensemble, que traz uma linguagem desenvolvida ao longo dos seus 30 anos de carreira e busca formatos já experimentados no decorrer da sua trajetória, como cameratas versáteis e orquestra. Elaborou arranjos sinfônicos para artistas como Maria Bethânia, Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Margareth Menezes e Mariene de Castro, entre outros. Também realizou trilhas sonoras de filmes como Terras de Preto, de Marcelo Brito; Pulsações, de Manoela Ziggiatti; e Água de Meninos – A Feira do Cinema Novo, da cineasta Fabíola Aquino.

Centro Histórico de Salvador –
A cidade de Salvador, fundada em 1549, foi a primeira capital do Brasil até 1763. Formado por edifícios dos séculos XVI ao XIX, onde se destaca pelo conjunto arquitetônico, paisagístico e urbanístico, o Centro Histórico da capital baiana é um dos mais importantes do urbanismo português no país.

Serviço:

Arquitetura, Urbanismo e Centro Histórico serão temas do Sarau da Imprensa
Quando:
dia 12 de maio de 2016, às 19 horas
Onde: Sede da Associação Bahiana de Imprensa – ABI (Rua Guedes Brito, nº 1, edifício Ranulfo Oliveira, 8º andar, Centro Histórico de Salvador);
Entrada Franca
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.