Fazcultura

16/08/2017 17:00

Prêmio Caymmi de Música tem nova data e local

w

O Prêmio Caymmi de Música volta à sua casa original para a noite mais significativa nesta segunda edição. Em função das chuvas constantes em Salvador, com o intuito de garantir para artistas e público uma cerimônia sem intercorrências, a premiação acontecerá agora na Sala Principal do Teatro Castro Alves, na sexta (18) às 20h. Celebrando a música da Bahia, reconhecendo novos artistas e movimentando toda a cadeia produtiva do estado, o Prêmio faz uma homenagem aos 50 anos de um dos movimentos culturais brasileiros mais transformadores: a Tropicália. A cerimônia segue com venda de ingressos a preços populares de R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira).

Para aqueles que já haviam adquirido ingressos antes da mudança de data e local, as orientações para troca e ressarcimento do valor pago são as seguintes: ingressos comprados em bilheterias físicas podem ser trocados ou ressarcidos na bilheteria do TCA. Para ingressos comprados pelo site ingressorapido.com.br, a troca ou cancelamento com ressarcimento pode ser feita no próprio site ou também na bilheteria física do TCA. O prazo para ambos os casos é sexta (18), às 19h.

Em um espetáculo multimídia, o diretor artístico Márcio Meirelles apresenta ao público o ‘Bandão Caymmi’, grande banda mista formada por 38 artistas finalistas, entre intérpretes, músicos e arranjadores. “Sendo a referência maior o tropicalismo, o espetáculo contará com interação de várias linguagens, tendo como máxima a música baiana, e será construído de forma colaborativa pelos artistas, que são os maiores representantes desse movimento musical atual”, explica o diretor. No Bandão, nomes como Achiles, Aiace, Caian, Duo Bavi, Filipe Lorenzo, Flavia Wenceslau, Jr Maceió, Kalu, Lívia Nery, Luedji Luna, Pirombeira, Renata Bastos, Santini e Trio, Silvio de Carvalho, Skanibais e Tabuleiro Musiquim. Revezando-se no palco, os artistas farão um show com direção musical de Alexandre Lins e que terá como base o disco icônico Tropicália ou Panis et Circenses, lançado no auge do movimento, em 1968. Com eles, as participações especiais do cantor Saulo e da cantora Alice Caymmi. Convidado inicialmente, o cantor e compositor Tom Zé não pôde manter a sua participação por incompatibilidade de data.

O Prêmio teve como prévia os shows do Festival Caymmi, que contou com apoio financeiro do programa Fazcultura, através da Vivo e das secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado da Bahia. “Dessa vez, o Prêmio Caymmi se aproxima mais do público, que abraçou todo esse movimento que teve início no ano passado e se consolidou com o Festival Caymmi este ano, recebendo mais de 15 mil pessoas em quatro edições, fomentando público e movimentando a cultura para além do eixo tradicional de eventos”, ressalta Elaine Hazin, diretora geral do Prêmio. Com o mote ‘Música em Movimento’, a segunda edição do Prêmio Caymmi terá 22 vencedores escolhidos entre os 110 artistas, produtores e trabalhos finalistas. Entre as categorias, quatro principais - Show, Canção, Música Instrumental e Videoclipe – e outras 18 subcategorias técnicas. Para as categorias principais, além do troféu, os ganhadores receberão uma premiação em dinheiro. Entre os nomes finalistas, destaques para o grupo Pirombeira, indicado em oito categorias, e os artistas Larissa Luz, Filipe Lorenzo e Livia Nery, todos com seis indicações cada. A lista completa dos indicados está disponível no site oficial www.premiocaymmi.com.br.

Lançado em novembro de 2016, o Caymmi alcançou em um mês de inscrições a marca recorde de 489 inscritos. De lá para cá, foram nove meses de atividades movimentado a cena musical da Bahia, produzindo quatro edições do Festival Caymmi, evento gratuito que percorreu diferentes bairros da capital baiana levando arte, ações socioculturais e de sustentabilidade.

Com realização da Via Press Comunicação e Eventos, o Prêmio Caymmi de Música conta com patrocínio exclusivo da Prefeitura Municipal de Salvador, parceria da Vivo e do Governo do Estado da Bahia, além de apoio da TV Bahia, TVE e Rádio Educadora. Os ingressos para noite de premiação podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br.

FAZCULTURA – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.


Serviço:

Prêmio Caymmi de Música – 2 ª edição
Data: 18 de agosto de 2017 (sexta-feira)
Local:
Teatro Castro Alves (Praça Dois de Julho, s/n - Campo Grande)
Horário: 20h
Valor: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira)
Obrigatória a apresentação da carteira de estudante
Vendas:
Bilheteria do TCA, SACs dos Shoppings Barra e Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br
Classificação: Livre
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.