Carnaval 2018

16/01/2018 00:00

SecultBA divulga entidades habilitadas no Carnaval Ouro Negro 2018

s

O governador Rui Costa divulgou em suas redes sociais na manhã desta terça-feira (16) o resultado final das entidades credenciadas no projeto Carnaval Ouro Negro 2018. A portaria está publicada na edição desta terça-feira (16) do Diário Oficial do Estado (DOE).


Iniciado em dezembro de 2017, ao todo foram recebidas 122 inscrições no processo de credenciamento. As entidades não contempladas no resultado parcial tiveram a oportunidade de apresentar recursos para regularizar a situação. As instituições contempladas foram aquelas que apresentaram todos os documentos necessários para a habilitação, regularizados, conforme exigido por meio da Portaria nº 195, de 15 de dezembro de 2017, que estabeleceu o credenciamento.

As entidades habilitadas devem comparecer para assinatura dos termos de compromisso, nos dias 16 e 17 de janeiro (terça e quarta-feira). Os representantes devem comparecer nestas datas, nos horários de 9h às 12h e das 14h às 17h, no Palácio Rio Branco, sede da SecultBA, localizado na Praça Thomé de Souza, s/n - Centro, CEP 40.020-10, Salvador – BA. Devem estar munidos da atualização das certidões de regularidade fiscal e comprovante bancário de conta corrente da entidade, sob pena de decair do direito à futura contratação e de descredenciamento.

Sobre o projeto – Criado em 2008, durante a gestão do então Governador Jaques Wagner, o projeto Ouro Negro oferece importantes subsídios para o apoio de agremiações de matrizes africanas e tradicionais dentro dos circuitos do Carnaval de Salvador. Desta forma, é promovida a preservação e valorização da presença destes blocos, com o desfile em alas e roupas tradicionais, assim como a maior participação da juventude, transmitindo o legado para as novas gerações. Dentro de suas comunidades, estas entidades contribuem para o desenvolvimento social através de projetos que estimulam a construção de uma cultura cidadã.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.