Fundo de Cultura

15/03/2018 09:00

Candeias recebe a 4ª edição do Festival de Graffiti Bahia de Todas as Cores (BTC)

g
Foto: Carol Garcia/GOV BA

Entre os dias 22 e 25, a arte de rua vai mostrar sua diversidade de cores e ganhar vida nova no município de Candeias. Em sua quarta edição, o Festival de Graffiti Bahia de Todas as Cores (BTC) tem o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Edital Setorial de Artes Visuais - Suplentes 2016, da Fundação Cultural Estado do da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. O evento irá reunir mais de 100 artistas locais, nacionais e internacionais, em atividades formativas, socioculturais e artísticas, com o intuito de levar a democrática arte urbana para a região, proporcionando o embelezamento da paisagem urbana.

Com a característica de um evento itinerante, este ano o BTC terá seu centro de atividades no município de Candeias e ocupará um extenso muro e diversos lugares do município, reforçando assim a ideia do espaço público como um local de encontros, saberes e trocas. O BTC faz parte das comemorações de 60 anos de Candeias, cujo lema é “Candeias 60 anos, uma senhora cidade”.

O BTC terá o tema A Arte que ilumina a Cidade, um convite à apreciação da cultura local e à valorização dos patrimônios materiais e imateriais da cidade. Colorido e inspirador, o graffiti ocupa os espaços revelando-se como uma arte democrática que busca alcançar toda a população. Por isso mesmo, A Arte que ilumina a Cidade é uma forma de se entender que a cidade é feita pelas pessoas que nela interagem e convivem e que por ela se expressam, através de intervenções urbanas, dialogando com diferentes comunidades, provocando os sentidos e despertando novos olhares. A ideia também pretende afirmar a relevância do graffiti para a construção de novas visões sobre a cidade, ampliando debates sobre a importância da existência dos festivais de graffiti no território brasileiro.

Com amplo programa de atividades, o BTC 2018 tem a abertura agendada para quinta-feira (22), às 19h, com entrada franca, na Secretaria de Cultura de Candeias. Na ocasião, acontece a fala do historiador local Jair, que apresentará um pouco da história de Candeias, em seguida, às 19h30, ocorre a entrega e assinatura dos certificados do curso CGC (Curso Graffiti Candeias), que resulta na formação da Crew Graffiti Candeias, formada por jovens da região. Na sequência tem início a mesa-redonda Festivais de Graffiti no Brasil - Conquistas e Desafios, às 20h. O debate reunirá artistas nacionais responsáveis pela organização de grandes festivais de graffiti no Brasil, de diversas regiões, entre eles a pernambucana Rebeca, responsável pelo Recifusion, o mineiro Tenxu, responsável pelo evento Purencontro, a fluminense Mika, responsável pelo evento Cores e Valores, o curitibano Devis, responsável pelo evento Street of Styles, o sergipano Korea, responsável pelo Aracaju Graffiti Encontro, e Diogo Galvão representando o BTC. A mesa contará com a mediação da grafiteira Chermie, que também faz parte da organização do BTC.

g
Foto: Carol Garcia/GOV BA

No dia 23, sexta-feira, das 09h às 17h, acontece o tradicional mutirão de graffiti a ser realizado no Distrito de Passé, com a proposta de envolver a comunidade local e contribuir com sua revitalização artística. Junto com o mutirão, ocorre a oficina de graffiti a ser ministrada pelo arte-educador de Candeias Fábio Barata, através do Projeto CGC (Curso Graffiti Candeias). Ainda no dia 23, à noite, acontece a primeira noite cultural, com atrações a serem definidas, das 19h às 22h. No sábado, dia 24, inicia-se a pintura oficial do BTC, das 09h às 17h, com a pintura de painéis espalhados em um muro de aproximadamente 500 metros na Av. Getúlio Vargas, localizada no bairro de Areia. Serão incorporados ao muro oficial do evento os jovens do Projeto CGC (Curso Graffiti Candeias), para que realizem coletivamente uma pintura temática em homenagem aos 60 anos de emancipação política de Candeias. Simultaneamente no dia 24, das 09h às 17h, acontecem as pinturas de duas empenas localizadas na Praça Dr. Gualberto Dantas Fontes, Centro, que resultarão em impactantes murais verticalizados. Também no dia 24, das 19h às 22h, acontece a segunda noite cultural do evento, com atrações a serem definidas. No domingo, 25, finalizam-se as pinturas nos muros oficiais. Ao longo dos dias 24 e 25 acontece a Feira de Arte na Praça Dr. Gualberto Dantas Fontes, Centro, que concentrará a exposição de materiais de artistas urbanos e de artesãos.

O 4º BTC é uma realização do Coletivo Vai e Faz (formado por artistas, comunicadores, produtores e estudiosos do tema) em parceria com a Prefeitura de Candeias. Esta edição conta com apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Edital Setorial de Artes Visuais - Suplentes 2016, da Fundação Cultural Estado do da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. Com este fundamental apoio institucional, o Festival possibilitará um intercâmbio de artistas nacionais e internacionais que poderão contribuir com sua Arte, possibilitando a formação de redes solidárias que permitem o deslocamento de artistas por diferentes regiões. Com isso, o evento agrega como público-alvo os moradores de Candeias, de faixa etária variada, convidados a acompanharem a execução das atividades, como forma de incentivo cultural.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.