Fundo de Cultura

14/05/2018 17:00

IGHB comemora 124 anos e entrega Medalha do Mérito Bernardino de Souza

h
Auditório IGHB - Foto: Divulgação

Os 124 anos de fundação do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia serão comemorados nesta terça (15 de maio), às 18h, em sua sede (Piedade). Na solenidade, presidida por Eduardo Morais de Castro, haverá a entrega do Diploma do Mérito e Medalha Bernardino de Souza a cinco personalidades baianas: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (entidade), jornalista Ubaldo Marques Porto Filho (in memoriam), professor Manoel Joaquim Fernandes de Barros Sobrinho (ex-Reitor da Unifacs), Carlos de Souza Andrade (Presidente da Fecomercio), Fernando Antonio de Souza (diretor do IGHB); todos com relevantes serviços prestados à preservação dos valores cívicos da Bahia e do seu povo.

Durante a sessão solene, o orador oficial da Casa da Bahia, Edivaldo Machado Boaventura, fará discurso de homenagem aos associados falecidos, além da diplomação de novos associados e apresentação musical.

Sobre o IGHB - Fundado em 13 de maio de 1894, o IGHB é a entidade cultural mais antiga do Estado, com 124 anos de funcionamento ininterrupto, e uma das instituições apoiadas pelo edital de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais, do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Possui a maior coleção de jornais e o maior acervo cartográfico do Estado. Na Biblioteca Ruy Barbosa e Arquivo Histórico Theodoro Sampaio estão milhares de títulos e imagens à disposição do pesquisador. O IGHB promove diversas atividades culturais e é o guardião do Pavilhão 2 de Julho, no Largo da Lapinha, onde estão os dois principais símbolos da maior festa cívica do país: o Caboclo e a Cabocla.

Sobre a Medalha - A medalha leva o nome de Bernardino José de Souza, sergipano, etnógrafo, que foi professor de Geografia e História, além de diretor da Faculdade de Direito da Bahia. Autor de várias obras importantes ficou mais conhecido na Bahia do que em sua terra natal. Seu nome está associado a um extenso acervo bibliográfico e também a realizações empreendedoras, como as construções das sedes do IGHB e da Faculdade de Direito da Bahia, onde hoje funciona a OAB-BA.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br


SERVIÇO

Festa comemorativa aos 124 anos do IGHB – Entrega da Medalha do Mérito Bernardino de Souza

Dia: 15 de maio de 2018, às 18h
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.