Fundo de Cultura

01/11/2018 11:10

Abertura do Panorama Coisa de Cinema traz vencedor do Festival de Brasília e clássico de Spike Lee


frggd
Filme premiado "Temporada" (Foto: Divulgação)

Realizados em países e épocas diferentes, os dois filmes de abertura do XIV Panorama Internacional Coisa de Cinema trazem um olhar sobre a vida nas periferias. Com acesso gratuito, as sessões apresentam a produção mineira Temporada, de André Novais, grande vencedora do último Festival de Brasília; e um dos grandes clássicos da carreira do cineasta norte-americano Spike Lee, Faça a Coisa Certa. Os filmes serão exibidos no dia 14 de novembro (quarta-feira), às 20h, no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha.

Com trama centrada em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, o filme de André mostra experiências pouco usuais vivenciadas por Juliana, que acaba de chegar ao local para trabalhar no combate a endemias. A exibição será acompanhada por Russão, ganhador do Candango de Melhor Ator Coadjuvante, que debaterá com o público ao final. Temporada foi premiado também nas categorias Melhor Filme, Atriz, Fotografia e Direção de Arte.

Em Faça a Coisa Certa o foco está sobre as tensões raciais no Brooklyn e tem como mote a reação da comunidade, de predominância negra e latina, às escolhas do ítalo-americano Sal (Danny Aiello) para decorar sua pizzaria. Quando o ativista local Buggin' Out (Giancarlo Esposito) questiona a ausência de negros na “Parede da Fama”, tem início um efeito dominó que não termina bem. O filme integra a mostra em homenagem a Spike Lee.

Uma realização da produtora Coisa de Cinema e do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura e sua Secretaria do Audiovisual; o XIV Panorama acontece de 11 a 17 de novembro em Cachoeira (Cine Theatro Cachoeirano) e de 14 a 21, em Salvador. Na cidade do Recôncavo, o acesso à programação é gratuito, enquanto na capital baiana, os ingressos custarão R$ 12,00 e R$ 6,00 (meia), com exceção das sessões de abertura, que têm entrada grátis.

O festival conta com patrocínio da Ancine, do Fundo Setorial do Audiovisual e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul; além do apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, via Fundo de Cultura.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.