Fundo de Cultura

23/01/2019 16:10

Comissão gerenciadora do Fundo de Cultura da Bahia realiza plenária

s
Segunda Reunião da Comissão Gerenciadora do FCBA 2019 | Foto: Divulgação/ Suprocult

Com o objetivo de aperfeiçoar o programa de fomento do Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA), membros da Comissão Gerenciadora se reuniram hoje (23), para realizar a relatoria de oito projetos em execução, incluindo a prestação de contas, remanejamento e alterações, além da apresentação do último relatório quadrimestral de 2018. O grupo tem como função principal acompanhar e supervisionar como instância julgadora, de caráter deliberativo, a administração do fundo público.

Para Ana Coelho, membra da comissão e representante do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), órgão da Secretaria de Cultura (SecultBA), as reuniões da comissão são fundamentais para a política de fomento e para a sociedade baiana. Com vasta experiência nas áreas de museologia, patrimônio cultural e políticas culturais, ela afirma que a atuação de todos os membros da comissão, com suas distintas expertises, trazem muitos melhoramentos.

s
Foto: Divulgação/ Ascom Suprocult

Segundo a museóloga, é neste ambiente que questões técnicas são dirimidas e compartilhadas exaustivamente. “A responsabilidade e busca por soluções de projetos apoiados pelo FCBA não ficam apenas na conta do gestor ou das unidades executoras. É nesta rede de aprendizados que além da relatoria das propostas, se tem conhecimento dos projetos executados nos Territórios de Identidade da Bahia com recursos públicos do FCBA”, afirmou.

De acordo com Ana Coelho, outro aspecto indispensável é a oportunidade em se conhecer os cases de sucessos na gestão de projetos culturais apoiados, promovendo a transparência e otimização no uso dos recursos públicos. Atuando desde 2003 no IPAC, Ana Coelho já coordenou o Núcleo Sistema de Museus e diretora dos museus Abelardo Rodrigues e Udo Knoff, e atualmente é coordenadora dos Editais Setoriais do IPAC.

s
Ana Coelho é membra da Comissão | Foto: Divulgação/ Suprocult

A Comissão Gerenciadora é composta por representantes dos segmentos artísticos e culturais, da Procuradoria Geral do Estado (PGE), Secretaria da Fazenda (Sefaz), corpo técnico da Superintendência da Promoção Cultural (Suprocult) da Secretaria de Cultura, além das unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), Fundação Pedro Calmon (FPC) e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC).

Estiveram presentes ao encontro a procuradora Érika Oliveira de Sá (PGE); Silvio Portugal e Fábio Mendes (Representantes da Sociedade Civil); Ana Cristina Coelho (Instituto- IPAC); Ivan Ornelas (FUNCEB); Walter da Silva (FPC), além da equipe técnica da Diretoria de Fomento (Suporcult/Secult). A reunião foi presidida pelo Superintendente de Promoção Cultural da Secult, Alexandre Simões e secretariada por Carla Pinheiro.

O Calendário das próximas reuniões pode ser conferido AQUI.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.