Patrimônio

13/05/2019 17:30

Bembé do Mercado reúne mais de 40 terreiros em Santo Amaro

f
Foto: Lázaro Menezes / IPAC


A cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, está celebrando a partir de hoje (13) o Bembé do Mercado, festa religiosa que acontece há 130 anos e reúne mais de 40 terreiros para celebrar a abolição da escravatura. Patrimônio cultural imaterial da Bahia, o encontro teve a sua primeira edição em 1889 e é considerado o maior candomblé de rua do mundo. A programação, apoiada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), acontece até domingo (19).

Entre os destaques, a tradição centenária contará nesta terça- feira (14), no Museu Recolhimento dos Humildes, com a abertura da Exposição “Bembé do Mercado, Registros de Tradição e Fé”, dos artistas de Santo Amaro Babá Geri e Edson Ferreira. No Mercado de Santo Amaro, tem apresentação de Povivá Maculelê, às 19h, e Carol Soares como atração musical, às 21h.

Na quarta-feira (15) se apresenta, às 18h30, o Balé Afro do Recôncavo. Às 19h, tem a apresentação Cultural Acarbo, seguida às 20h da apresentação da Cia de dança Afro Ojú Onirê, e às 21h, o público terá a celebração Religiosa no barracão (Xirê). Já na quinta-feira (16), às 19h, tem apresentação cultural de Raízes e Estilo e do  Samba Chula João do Boi, às 20h30.

As atividades prosseguem na sexta-feira (17), às 17h, no Recolhimento dos Humildes, com a celebração de Missa Afro. Em seguida, às 19h, terá uma caminhada, do Recolhimento dos Humildes ao Mercado Municipal, para o barracão com Ara Didê. Às 21h, tem o Grupo de Samba: Molejo Samba Baiana; Grupo de Samba Tumba lá e cá, às 22h; e Ilê Aiyê, às 23h.

No sábado (18), a festa começa às 8h, com o Grupo Estilo e Malicia. Já às 10h, acontecem várias apresentações culturais, como a do Grupo cultural de Vila de Abrantes,              Lavadeiras da Fonte de Abrantes, Grupo de Capoeira Símbolo de Resistência e Grupo do Terreiro Ilê Axé Iji Omin Toloya. Às 14h, é a vez da palestra sobre a História dos Patuás, com Juliana Bonfim. Às 15h, tem o  Xirê das Pretas, Mesa redonda: Ancestralidade, Gênero, Raça, Racismo Religioso e Resistência.

À noite, as celebrações continuam, com apresentações das 18h à 0h, com o Grupo de Capoeira Tradição Quilombola, Grupo de Capoeira ACSSA e o Samba de Nicinha Raízes de Santo Amaro. Por último, o espaço será aberto para pronunciamento do Representante do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural – IPHAN, além de uma Celebração Religiosa no Barracão (Xirê), às 22h, e do Samba de Roda Ojú Onirê (0h).

No domingo (19), às 10h, a programação se encerra com a Celebração Religiosa no Barracão (Xirê), um almoço festivo, às 12h, e a saída do Presente para a praia de Itapema, às 14h.


PROGRAMAÇÃO DO BEMBÉ DO MERCADO
Preservação, Patrimônio, Religiosidade e Cultura, 130 anos.

Segunda-feira – 13 de maio
- 19h -  Apresentação de Capoeira Gunga
-21h – Celebração Religiosa no barracão (Xirê)
- 23h – Samba Nova Geração

Terça-feira – 14 de maio
– 10h Abertura da Exposição “Bembé do Mercado, Registros de Tradição e Fé”, dos artistas de Santo Amaro Babá Geri e Edson Ferreira - Local: Museu Recolhimento dos Humildes
- 19h -  Povivá Maculelê
-21h - Atração Musical: Carol Soares

Quarta-feira – 15 de maio
- 18h30 – Balé Afro do Recôncavo
- 19h - Apresentação Cultural Acarbo
- 20h – Cia de dança Afro Ojú Onirê
-21h – Celebração Religiosa no barracão (Xirê)

Quinta-feira – 16 de maio
- 19h - Apresentação cultural Raízes e Estilo
- 20h30 – Samba Chula João do Boi

Sexta-feira – 17 de maio
- 17h – Celebração de Missa Afro 
Local: Recolhimento dos Humildes
Convidadas: Irmandade da Boa Morte
- 19h - Caminhada do Recolhimento dos Humildes ao Mercado Municipal para o barracão com com Ara Didê
- 21h - Grupo de Samba: Molejo Samba Baiana
-22h - Grupo de Samba Tumba lá e cá
- 23h - Ilê Ayê

Sábado – 18 de maio
- 8h – Apresentação do Grupo Estilo e Malicia
- 10h – Apresentações culturais:
- Grupo cultural de Vila de Abrantes
* Lavadeiras da Fonte de Abrantes
* Grupo de Capoeira Símbolo de Resistência
* Grupo do Terreiro Ilê Axé Iji Omin Toloya
- 14h – Palestra Sobre a História dos Patuás com Juliana Bonfim
- 15h – Xirê das Pretas – Mesa redonda: Ancestralidade, Gênero, Raça, Racismo Religioso e Resistência.
- 18h – Grupo de Capoeira Tradição Quilombola
- 19h  – Grupo de Capoeira ACSSA
- 20h30 – Samba de Nicinha Raízes de Santo Amaro
- 21h  – Fala do Representante do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural – IPHAN
- 22h - Celebração Religiosa no Barracão (Xirê)
- 00:00 – Samba de Roda Ojú Onirê

Domingo – 19 de maio

- 10h – Celebração Religiosa no Barracão (Xirê)
- 12h – Almoço festivo
- 14h – Saída do Presente para a praia de Itapema
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.