Artes

07/06/2019 17:20

Tríduo de Santo Antônio terá reza, encontro de sanfoneiros e ópera junina no Pelourinho

t
Foto: Amanda Oliveira

Mantendo a tradição que fomenta e fortalece a cultura do povo nordestino, o Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), abre o Ciclo de Festejos Juninos no Pelourinho com o Tríduo de Santo Antônio, a ser realizado nos dias 11, 12 e 13 de junho. Celebração religiosa, encontro de sanfoneiros e a Ópera Junina compõem a programação gratuita.

O primeiro dia do Tríduo começa na sede do CCPI (Casa 12, Largo do Pelourinho), onde o Encontro de Sanfoneiros embala, a partir das 16h30, a concentração para o cortejo, que sai às 17h pelas ruas do Pelô em direção ao Palácio Rio Branco, que recebe, às 17h30, a estreia do Oratório de Santo Antônio – Uma Ópera Junina. A apresentação traz o repertório tradicional do oratório de Santo Antônio com uma roupagem de música clássica pelo Núcleo de Ópera da Bahia (NOP).  Números do cancioneiro tradicional, como “A nós descei, divina luz”, “Ladainha” e “Ave Maria”, além de músicas como “São João Xangô Menino”, de Gilberto Gil estão presentes.  Mais tarde, às 19h, a programação retorna ao CCPI, para a Saudação a Santo Antônio, com o Coro da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

No Dia dos Namorados (12), a festa do santo casamenteiro promete embalar a noite de muitos casais. Às 17h30, acontece o Encontro de Sanfoneiros no CCPI, de onde, às 18h, um cortejo sai em direção à Igreja da Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, onde ocorre a reapresentação da Ópera Junina. Às 19h30, a manifestação de fé retorna ao CCPI, em mais uma noite de reza, cânticos, comidas típicas e palmas a Santo Antônio.

Já na quinta-feira (13), Dia de Santo Antônio e última noite do Tríduo, o Encontro de Sanfoneiros começa às 17h30, no CCPI, até 18h30, quando sai o cortejo. A Ópera Junina será executada no Largo Quincas Berro d’Água, às 19h. A celebração religiosa na sede do CCPI começa às 19h30. A programação terá encerramento especial com a quadrilha Cia da Ilha e o show de Jota Velloso, na Noite do Glorioso, às 20h30, no Largo Quincas Berro d’Água.

T
Foto: Amanda Oliveira


O Tríduo de Santo Antônio abre oficialmente o Ciclo de Festejos Juninos do Pelô, que segue até o final do mês com uma variedade de shows de forró, programação realizada pela Secretaria de Cultura da Bahia, por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias. Acompanhe nos sites www.cultura.ba.gov.br e www.centrodeculturas.ba.gov.br.

Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) é responsável pela execução, proteção e promoção das políticas públicas de valorização e fortalecimento das manifestações populares e de identidade, orientadas de acordo com o pensamento contemporâneo da Unesco e do Ministério da Cultura. Seu campo de atuação contempla a cultura do sertão, de matrizes africanas, ciganas e indígenas, LGBTQ+, infância e idosos. Coordena a programação artística dos largos do Pelourinho e suas grandes festas populares.


Serviço

Tríduo de Santo Antônio


Encontro de Sanfoneiros e Saudação a Santo Antônio
Dias: 11 de junho, às 16h30
Local: Centro de Culturas Populares e Identitárias (Casa 12, Largo do Pelourinho)
Aberto ao público

Ópera Junina – Núcleo de Ópera da Bahia
Quando: 11 de junho, 17h30
Local: Palácio Rio Branco
Gratuito

Reza, cânticos, Comidas Típicas e Palmas a Santo Antônio
Dias: 11 de junho, às 19h
Local: Centro de Culturas Populares e Identitárias (Casa 12, Largo do Pelourinho)
Aberto ao público

Encontro de Sanfoneiros e Saudação a Santo Antônio
Dias: 12 de junho, às 17h30
Local: Centro de Culturas Populares e Identitárias (Casa 12, Largo do Pelourinho)
Aberto ao público

Ópera Junina – Núcleo de Ópera da Bahia
Quando: 12 de junho, 18h10
Local: Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
Gratuito

Reza, cânticos, Comidas Típicas e Palmas a Santo Antônio

Dias: 12 de junho, às 19h30
Local: Centro de Culturas Populares e Identitárias (Casa 12, Largo do Pelourinho)
Aberto ao público

Encontro de Sanfoneiros e Saudação a Santo Antônio

Dias: 13 de junho, às 17h30
Local: Centro de Culturas Populares e Identitárias (Casa 12, Largo do Pelourinho)
Aberto ao público

Ópera Junina – Núcleo de Ópera da Bahia
Encerramento com Quadrilha Cia da Ilha e Jota Velloso
Quando: 13 de junho, 19h
Local: Largo Quincas Berro d’Água
Gratuito

Reza, cânticos, Comidas Típicas e Palmas a Santo Antônio
Dias: 13 de junho, às 19h30
Local: Centro de Culturas Populares e Identitárias (Casa 12, Largo do Pelourinho)
Aberto ao público

Noite Gloriosa
Encerramento com Quadrilha Cia da Ilha e Jota Velloso
Quando: 13 de junho, 20h30
Local: Largo Quincas Berro d’Água
Gratuito
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.