Fazcultura

26/07/2019 17:00

SecultBA realiza Workshop de Elaboração e Gestão de Projetos para iniciativas apoiadas pela Petrobrás


O Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural – Fazcultura foi tema nesta sexta-feira (26) de um Workshop de Elaboração e Gestão de Projetos, para produtores de projetos sociais e culturais apoiados pela Petrobrás, em Salvador. O objetivo do encontro foi fornecer orientações e compartilhar resultados do mecanismo de fomento da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

“Os projetos, em sua maioria, são resultados de demandas culturais e sociais, por isso que devemos, sempre que necessário, potencializar atividades como esta para a comunidade que queira conhecer as atividades do Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural”, destaca a coordenadora do Fazcultura, Mariana Pereira.

A apresentação foi realizada a convite da Equipe de Responsabilidade Social, setor responsável pelos investimentos em programas e projetos socioambientais da empresa petrolífera no Rio de Janeiro. O encontro serviu para trazer um alinhamento em relação ao conhecimento deste mecanismo de fomento cultural, além de dinamizá-lo e apresentá-lo para um maior público.

Fazcultura – O programa foi criado em 1996, através da Lei Nº 7.015, que apoia propostas de qualquer segmento artístico e cultural, tendo como base a renúncia fiscal em favor do apoio direto em projetos na área da cultura.

O Fazcultura é realizado numa ação conjunta que envolve Estado, proponentes e empresas. Essa atuação viabiliza o patrocínio de festivais, cursos, oficinas, prêmios, seminários, fóruns, palestras e feiras.

Integram ainda o circuito de projetos beneficiados pela iniciativa, ações de formação e qualificação, espetáculos, circulação, curadoria, montagem em geral, shows, concertos, produção, atividades continuadas, digitalização de acervo, reforma, ampliação de equipamentos culturais, finalização, distribuição e publicação, entre outras atividades.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.