Espaços Culturais

30/08/2019 09:30

Mostra Cinema Conquista terá remontagem de exposição artística sobre Glauber Rocha

s
Foto: Arquivo Pessoal/ Glauber Rocha
 
Nesta edição, a Mostra Cinema Conquista anuncia a remontagem de parte da exposição da “Mostra Glauber Rocha: Ressuscita o Povo Brasileiro” em sua programação, que ocorre entre os dias 1º a 6 de setembro. As duas Mostras se unem com o intuito de relembrar a vida e obra de um dos maiores nomes do cinema nacional, que completaria 80 anos em 2019. Assim, é possível proporcionar ao público a oportunidade de se aprofundar na história deste famoso conquistense.

Segundo o artista visual Vinícius Gil, o que estará presente na Mostra Cinema será um eco da exposição que “tem essa ideia de trazer as misturas e os contrastes barrocos de Glauber”. O conceito presente na montagem perpassa por nuances que levam o público a refletir sobre a constituição da obra do cineasta. Dessa forma, o artista afirma que “assim como a religião é um portal para você transcender, o cinema de Glauber transcende o próprio cinema”.

O historiador Afonso Silvestre nos auxilia na compreensão de partes da sociedade frente à arte de Glauber Rocha quando diz que o cineasta “concorda com a máxima de que um povo que não se reconhece, ou seja, um povo sem cultura é um povo que está morto” e, por isso, o termo “ressuscita” está presente no título.

A remontagem ficará exposta no mezanino e no foyer do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima durante toda a programação da Mostra Cinema Conquista.

A Mostra Cinema Conquista - Ano 14 tem o apoio cultural do Instituto de Radiodifusão do Estado da Bahia, da Diretoria Audiovisual do Estado, do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, da TV Sudoeste, da Cervejaria Devassa e do Restaurante Maria do Sertão. Recebe o apoio institucional da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, através do Curso de Cinema e Audiovisual, Programa Janela Indiscreta e Sistema Uesb de Rádio e TV Educativas. A Mostra Cinema Conquista é uma produção da Movimenta Cultura e Arte e realização do Instituto Mandacaru de Inclusão Sociocultural. Tem o apoio financeiro da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista e do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural e Editais Setoriais.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.