Fundo de Cultura

24/09/2019 11:50

“Sentimento Gis” estará em cartaz no Teatro Gamboa Nova

s
Foto: Rubens Henrique

Durante as noites de setembro, o palco do Teatro Gamboa Nova, no Largo dos Aflitos, em Salvador, se transforma em Gayboa, assumindo uma programação artística voltada para a diversidade. É neste clima de celebração que o solo Sentimento Gis, do juazeirense Cleybson Lima, chega a capital baiana através do projeto “Se Mostra Interior”, realizado pela Fundação Cultural da Bahia (Funceb), órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, em parceria com o Teatro. As apresentações acontecem nos dias 28 e 29 de setembro, às 19h e 17h respectivamente, com ingressos a preço popular R$ 20,00 e R$ 10,00.

Sentimento Gis põe os holofotes nas vivências invisibilizadas de transexuais e travestis a partir da memória de Gisberta Salce Junior, imigrante brasileira que viveu em situação de rua em Portugal sendo torturada durante sete dias por 14 adolescentes que a mantiveram em cárcere num prédio abandonado. A memória de Gisberta é também uma denúncia aos crimes de transfobia que coloca o Brasil como terceiro país do mundo com mais mortes violentas de pessoas trans e travestis.

Unindo Teatro, Dança e Música, Cleybson exibe ao público um olhar mais sensibilizado à causa, em que memórias, teorias, ícones e estigma transitam sob o fio da navalha de dar corpo à discussão de gênero. “Não queremos apenas tratar de Gisberta, mais sim, aumentar a voz dos sentimentos espalhados por ela”, descreve o dançarino.

Trazer o solo ao palco do Gayboa é um sonho que o artista logo mais vai realizar. “Muitos amigos diziam que seria bom levar meu trabalho para o Teatro que neste mês pauta fortemente o respeito às diferenças, e agora estou chegando muito feliz com o meu solo”, afirma Cleybson. O espetáculo ainda integra a programação do Festival Internacional Latino-Americano de Teatro da Bahia.

O Teatro Gamboa Nova integra o Programa de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais, recebendo apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

 Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural e Editais Setoriais.

Serviço

Se Mostra Interior - Sentimento Gis

Quando: 28 e 29 de setembro, às 19h e 17h respectivamente
Onde: Teatro Gamboa Nova (Rua Gamboa de Cima, Largo dos Aflitos, 3, Salvador - BA)
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.