Fundo de Cultura

08/10/2019 11:10

Panorama divulga os 25 filmes selecionados para a Competitiva Baiana

s
Foto: Adriano Oliveira

Vinte e cinco filmes de diferentes formatos compõem a Competitiva Baiana do XV Panorama Internacional Coisa de Cinema, que acontece de 30 de outubro a 6 de novembro, em Salvador e Cachoeira. A seleção traz produções com diferentes linguagens e gêneros, criando um amplo cenário do cinema realizado no estado no último ano.

Em Salvador, as mostras competitivas acontecem no Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha, de acordo com programação a ser definida. Os filmes serão exibidos em sessões seguidas de debate entre os realizadores e o público.

Os vencedores da Competitiva Baiana serão definidos pelo diretor e roteirista Felipe Sholl, a roteirista Jaqueline Souza e o ex-diretor da Ancine Paulo Alcoforado, que anunciarão o resultado na noite de encerramento do festival, em 6 de novembro.

Com mostras competitivas e paralelas, e sessões especiais, o Panorama exibirá cerca de 130 filmes ao longo da programação. O festival conta com apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, e do Ministério da Cidadania, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual.

Confira os filmes da Competitiva Baiana:


•    A Mulher no Fim do Mundo - Ana do Carmo
•    A Sete Tragos Do Chão - Ariel L. Dibernaci e Cláudia Sater
•    Ada - Rafaela Uchoa
•    Arco do Tempo - Juan Rodrigues
•    Cabelos Brancos - Lina Cirino e Elza Cirino
•    Cartas para Ana - Carla Caroline
•    Cinema de Amor - Edson Bastos e Henrique Filho
•    Chica - Andrea Guanais
•    Corações Encouraçados - Jamile Coelho e Cintia Maria
•    Em Cima do Muro - Hilda Lopes Pontes
•    Enjoy Your Sunday - Victor Marinho
•    Entre o Céu e o Subsolo - Felipe da Silva Borges
•    Enquanto Eu For Lembrado - Állan Maia
•    Fundo do Céu - Matheus Vianna
•    Jaçanã - Laryssa Valim Machada
•    Japanese Nano Food - Liz Riscado
•    Joderismo - Marcus Curvelo
•    Miúda e o Guarda-Chuva - Amadeu Alban
•    Necropolis - Italo Oliveira
•    O Garoto no Fim do Mundo - Antônio Victor e Lailson Brito.
•    Pelano! - Christina Mariani e Calebe Lopes.
•    Tem um Monte de Oxum no SUS - Aline Brune
•    Uma Mulher, Uma Aldeia - Daniel Dourado e Marcelo Abreu Góis
•    Vapor SubUrbano - Dodias An
•    Vigia - Um Olhar para a Morte - Victor Marinho

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural e Editais Setoriais.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.