Artes

08/11/2019 13:00

Literatura, música e teatro chegam a Cajazeiras no segundo dia do Flin

h
Hugo Canuto / Foto: Divulgação



O Festival Literário Nacional (Flin) - Diversas Leituras e Novos Caminhos,  leva nesta quarta-feira (13), atividades culturais que movimentam o bairro de Cajazeiras, em Salvador, com literatura, música, oficinas artísticas e muito mais. O evento é realizado pelo Governo do Estado e coordenado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Fundação Pedro Calmon (FPC).

 

Para Tom Correia, curador do festival, a programação é voltada a “todos que se interessam em ouvir o outro, em trocar experiências de vida e pontos de vista sobre assuntos que impactam o nosso cotidiano”. As ações programadas para o festival, informa, podem ser conferidas no site www.flin.ba.gov.br

 

Na Tenda Cultural, um dos destaques é a mesa que conta com Mv Bill e Paulo Rogério Nunes para um bate-papo que discute a importância das mídias periféricas. O espaço também traz discussões com os quadrinistas Hugo Canuto e Shiko, um quadro humorístico com Seu Pimenta, inspirado no cotidiano do bairro, além da apresentação musical de Mv Bill e do grupo Panteras Negras, primeira banda instrumental do mundo formada só por mulheres negras. 

 

Já na Arena Leia e Passe Adiante, no espaço Futura, um dos destaques é o bate-papo “Releituras poéticas do mundo”. Às 14h, Lilia Diniz, Bell Puã, Kuma França e mediados por Luciany Aparecida, discutem sobre as produções literárias contemporâneas.

 

No espaço Infantil da Arena Leia e Passe Adiante, o destaque fica para a peça A Princesa Dandara. A história da menina que questiona o papel que a sociedade designa ao negro é contada pela Cia de teatro da Biblioteca Infantil Monteiro Lobato. A arena também conta com a apresentação da orquestra Neojiba e do grupo Canela Fina.

 

E, no Espaço Virtual da Arena Leia e Passe Adiante, o objetivo é promover a experimentação da tecnologia no campo da cultura e da educação. As atividades são organizadas pela Biblioteca Virtual Consuelo Pondé, unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA), e tem como proposito proporcionar uma nova experiência sensorial unindo literatura, história, cultura e educação, através de atividades que utilizam óculos de realidade virtual, robô interativo e muito mais. 

 

Além disso, 5000 mudas de espécies da Mata Atlântica serão doadas no dia e serviços como emissão de carteira de trabalho, acolhimento de denúncias de violação de direitos nas esferas racial e religiosa e orientação às mulheres sobre violência doméstica e familiar, são oferecidos à população. A unidade móvel do PROCON, que realiza todos os serviços dos postos fixos, também marca presença no Flin.   

 

Festival Nacional Literário (Flin): Diversas Leituras & Novos Caminhos - É um projeto realizado pelo Governo do Estado da Bahia e coordenado pela Secretaria de Cultura (SecultBA), através da Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBA).  O Festival conta com a parceria das secretarias de Administração (SAEB), através da Superintendência de Atendimento ao Cidadão (SAC); de Comunicação (SECOM); de Educação (SEC); de Meio Ambiente (SEMA); de Saúde (SESAB), através da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (HEMOBA); de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), através do Serviço de Intermediação para o Trabalho (SINEBAHIA) e da Superintendência  dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB); de Políticas para as Mulheres (SPM); de Promoção da Igualdade Social (SEPROMI); de Tecnologia e Ciência (SECTI); de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) e de Turismo (SETUR), através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), além da Defensoria Pública do Estado da Bahia; da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA); do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB).

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.