Fazcultura

02/01/2020 12:30

Nomade Orquestra se apresentará no Intercenas Musicais em Salvador

a

Foto: Divulgação


A Nomade Orquestra se apresentará sábado (04), no Commons Studio Bar, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. O show da Orquestra integra a temporada de 2019/2020 do projeto Intercenas Musicais, que até maio somará a realização de 20 mostras na capital baiana. No show terá músicas dos seus quatro álbuns que transitam pelo Funk70, Jazz, Afrobeats e Dubs.


O Intercenas Musicais foi selecionado pelo Natura Musical por meio do edital 2018, e tem patrocínio do Governo da Bahia, através do programa Fazcultura, Secretaria de Cultura (SecultBA) e Secretaria da Fazenda (Sefaz). Uma realização do Commons com produção da Maquinário Produções e Multi Planejamento Cultural. 


Em crescente visibilidade no atual cenário da música instrumental brasileira a Nomade Orquestra traz consigo uma característica singular e de vanguarda, pode se dizer que é um ponto de encontro onde diferentes vertentes e expressões musicais interagem de forma única, desenvolvendo um trabalho autoral de música instrumental com influências do funk70, jazz, dub, rock, afrobeat, ethiogrooves e outras expressões musicais.


Formada em 2012 sua identidade musical pode se a dar ao resultado da miscigenação cultural que existe no Brasil, sobretudo o ABC Paulista pólo industrial situado na cidade de São Paulo, da onde originou-se a orquestra. Seu primeiro disco intitulado “Nomade orquestra“ (homônimo) foi lançado em dezembro de 2014 no Brasil e em abril de 2016 internacionalmente pelo selo inglês FarOut Recordings, alcançando grande reconhecimento junto ao publico, músicos, deejays e imprensa. Resultando em novembro de 2016 sua primeira EuroTour, onde passou por países como Portugal, Espanha, Inglaterra, Bulgaria e Alemanha.


Lançado em 2017 “EntreMundos” é o segundo capítulo dessa história, fruto do amadurecimento do grupo e da continuidade do mergulho no universo musical nômade, a banda segue jornada desvendando novas paisagens, novas texturas e experimentações. Para o ano de 2019 seu novo projeto “Vox Populi / Vox Machina” é o nome que se dá a série de encontros promovidos com cantores da música mundial. Neste primeiro volume“Vox Populi”, em um instigante recorte da atual música brasileira a Nomade Orquestra traz ao seu lado as vozes de Russo Passapusso (Baiana System), Juçara Marçal (Meta Meta), Siba (Mestre Ambrósio) e Edgar (O novíssimo Edgar) promovendo 8 faixas inéditas. Além de explorar em “Vox Machina” versões instrumentais dessas músicas.


Intercenas Musicais – O projeto promove a circulação de artistas dentro e fora do estado, com a realização de shows e turnês. O projeto vem consolidando uma rede de trabalho na área da música, na integração de ações em seis cidades da Bahia – Cachoeira, Feira de Santana, Juazeiro, Vitória da Conquista, Itacaré e Salvador –, além de São Paulo, Curitiba e Florianópolis. Em suas três temporadas anteriores, foram mais de 30 edições, reunindo nomes como Davi Moraes, BNegão, Guizado, Curumin, OQuadro, BaianaSystem, Maglore, Scambo, Lucas Santtana, entre outros.

Entre os objetivos do projeto está a dinamização de espaços culturais adequados para eventos de pequeno porte, a formação de plateia, a provocação de intercâmbios artísticos e, por fim, a estruturação de um cenário capaz de criar desdobramentos a partir destas intervenções no mercado de cada região alcançada.

Entre agosto de 2019 e maio de 2020, o Intercenas Musicais sobe ao palco do Commons Studio Bar mais uma vez, para realizar a operação da etapa Salvador. Serão mais de 20 shows nacionais e/ou internacionais. “Quando abrimos o Commons, nosso objetivo era difundir trabalhos autorais ao vivo, aproveitando a cena fértil da música atual do Brasil e a forma que ela dialoga com o mundo e, para isso, a Maquinário passa a compartilhar a realização do Intercenas Musicais com o Commons desde 2013”, explica Vince Athayde, sócio da casa e curador do projeto.

Commons e Natura Musical – O projeto marca um novo momento do Commons, que desde sua abertura aposta na música autoral e vem se requalificando como um importante espaço cultural para a cidade. Além de funcionar como casa de shows e boate, o espaço abriga hoje um condomínio cultural formado pelas empresas Maquinário Produções, Inmagina Comunicação e a Multi Planejamento Cultural. Essa iniciativa busca movimentar o mercado da economia criativa a partir do fortalecimento do trabalho em rede.

Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 132 milhões no patrocínio de 418 projetos - entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais e filmes. O último edital do programa neste ano selecionou 50 projetos em todo o Brasil, entre artistas, bandas e coletivos. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do país e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais.

Fazcultura - Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é  promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.

 

 Serviço

 

Intercenas Musicais com show de Nomade Orquestra

Local: Commons Studio Bar –Rua Odilon Santos, 224, Rio Vermelho, Salvador –BA

Data: Sábado (04/01/20), às 20h

Ingressos: R$ 10 (lote promocional) / R$ 15 (lista) / R$ 30 no local

Vendas: Sympla (www.sympla.com.br)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.