Fundo de Cultura

31/08/2020 14:40

Filme apoiado pelo Fundo de Cultura é premiado em Festival na Espanha

s
Foto: Divulgação

O filme baiano Filho de Boi, da Plano 3 Filmes, acaba de receber o Prêmio do Público no 23º Festival de Málaga, importante evento do circuito europeu de festivais. A cerimônia de encerramento, realizada no último fim de semana, reuniu grandes nomes do cinema espanhol, como a atriz Mariola Fuentes (de “Carne Trêmula” e “Abraços Partidos”), que fez a entrega do prêmio aos diretores e produtores de “Filho de Boi”, presentes na cerimônia de forma online. O filme tem o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Cultura e Fundação Cultural do Estado.

Primeiro longa de ficção do diretor Haroldo Borges, realizado ao longo de seis meses no município de Curaçá, norte da Bahia, Filho de Boi lança luz sobre o Brasil de hoje, revelando um universo de masculinidade e preconceito onde é urgente reinventar-se. Na história, o personagem João tem 13 anos e vive no sertão. O vínculo entre ele e seu pai está partido. No limiar da adolescência, João quer fugir desse lugar, que parece não ter possibilidades para ele se encaixar. Um dia, um pequeno circo chega na cidade e ele estabelece uma amizade com o palhaço Salsicha, que o encoraja a enfrentar seus medos.

Para a preparação de elenco, a produção convidou a super experiente Fátima Toledo (Cidade de Deus, Pixote, O Céu de Suely, Cidade Baixa, Tropa de Elite), que realizou um trabalho primoroso. Para o papel do protagonista, o estudante João Pedro Dias foi escolhido após uma ampla pesquisa em que foram entrevistados cerca de 1.500 meninos, todos de escolas públicas da zona rural da região. Além dele, formam o elenco principal os atores Luiz Carlos Vasconcelos (“Abril Despedaçado”, “Baile Perfumado”, “Carandiru”) e Vinicius Bustani, revelação do teatro baiano (“Hamlet”, “Criança Ferida”). Também fazem parte do elenco artistas de circo do interior da Bahia, como Jonas Laborda e Wilma Macedo, protagonistas do projeto anterior da Plano 3 Filmes, o premiado documentário Jonas e o Circo sem Lona.

Filho de Boi teve sua world première no Busan International Film Festival, na Coreia do Sul. Durante a etapa de montagem, o filme foi premiado em sessões work in progress na Espanha e no México, tendo recebido, entre outros, o Prêmio Film4Climate, concedido pelo Banco Mundial ao projeto melhor alinhado com as metas de desenvolvimento da ONU. A estreia no Brasil deverá acontecer no primeiro semestre de 2021.

O coletivo - A Plano 3 Filmes é um coletivo de cineastas baianos que, além da produção de vários curtas premiados dentro e fora do Brasil, é responsável pelo exitoso documentário Jonas e o Circo sem Lona. Com trajetória que inclui a participação nos principais festivais de documentário do mundo, “Jonas” estreou em salas de cinema no Brasil e Uruguai e foi exibido em canais de TV no Brasil, Colômbia e México, com excelente retorno de público e crítica. Filho de Boi é o primeiro longa de ficção do grupo, que nesse momento está trabalhando em seus novos projetos: a série Boi Bandido (em pós-produção) e o documentário Sam (em desenvolvimento), que foi no Mercado MiradasDoc e no Pitching DocMontevideo.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) - Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br



FICHA TÉCNICA - FILHO DE BOI

Direção: Haroldo Borges

Codireção: Ernesto Molinero

Roteiro: Paula Gomes e Haroldo Borges

Preparação de Elenco: Fátima Toledo

Produção de Elenco: Milena Pinheiro

Direção de Fotografia: Remo Albornoz

Direção de Arte: Marcos Bautista

Som Direto: Pedro Garcia

Desenho de Som: Vitor Coroa

Montagem: Andrea Kleinman, Juliano Castro

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.