Fundo de Cultura

14/04/2021 16:20

VIVADANÇA Festival Internacional realiza sua 14ª edição em formato totalmente online

s

Na esteira dos eventos realizados durante o isolamento social decorrente da pandemia da Covid-19, o VIVADANÇA Festival Internacional apresenta sua 14ª edição entre os dias 29 de abril e 9 de maio de 2021. Totalmente adaptado ao formato online e digital, o festival recebe espetáculos de diversas partes do mundo e apresenta um olhar especial sobre a videodança. A programação também destaca produções da dança contemporânea no continente africano, mostras virtuais de produção local e internacional, batalhas de breaks e MC’s, concurso de popping, ações formativas com oficinas e encontros para networking, além de lançar o podcast “Bahia Mundo” com profissionais da dança que se estabeleceram em outros países. A programação completa está no site: www.festivalvivadanca.com.br

 

Um dos grandes destaques do VIVADANÇA esse ano é o espetáculo de estreia “Dancing at the dusk - um momento com A Sagração da Primavera de Pina Bausch”, que será trazido com exclusividade ao Brasil com apoio do Goethe-Institut. Reunindo 38 bailarinos de 14 países africanos, a remontagem da coreógrafa alemã Pina Bausch será apresentada em formato de filme, gravado durante um ensaio geral do espetáculo no Senegal. A  estreia acontece dia 29 de abril de 2021 às 20h e fica disponível até 7 de maio, com ingressos a R$10. Para ter acesso a obra o público deve acessar o site do VIVADANÇA e clicar na programação.

 

África é destaque na programação

O continente africano vem ocupando o VIVADANÇA há alguns anos, mas em 2021 ele toma a frente e protagoniza a edição. “Esta 14ª edição se conecta com a África, o lugar primeiro, esse que nos gerou, que é terreno e terreiro, para, mais uma vez e sempre, conhecer sua capacidade de reinvenção. Este é um abraço que damos à vida pela arte, evocando as forças sagradas, que se fazem presentes, pela liberdade e criatividade”, declara Cristina Castro.Ao longo da programação, entre espetáculos, encontros e filmes, são pelo menos 12 países africanos representados no VIVADANÇA 2021: Togo, Namíbia, Camarões, Níger, Senegal, Tanzânia, Gabão, Moçambique, Marrocos, Burkina Faso, Angola e Cabo Verde.

 

O VIVADANÇA Festival Internacional é uma realização da Baobá Produções Artísticas. O projeto foi selecionado pelo Edital Eventos Calendarizados com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Conta com parceria institucional do Goethe-Institut, Instituto Cervantes, MID - Movimento Internacional de Dança (DF), Instituto Francês, Embaixada da França e Aliança Francesa, Teatro Vila Velha, Sesc São Paulo e Mostra de Cinemas Africanos.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.