LAB

04/05/2021 11:00

#LeiAldirBlanc - Série Afrobaianos lança último episódio sobre novos sons em "Do Nada, um Podcast"

gg
Equipe Do Nada Um Podcast  (Foto por Mariana de Paula)

A Bahia pulsa arte e cultura e sempre teve protagonismo no cenário cultural brasileiro. O Tropicalismo, o Axé, o Forró e diversos outros ritmos marcaram presença em festivais de música nacionais e internacionais com artistas baianos como referência. Mas o que está surgindo agora? Quais sons estão tocando e embalando a nova música preta baiana? São essas perguntas que a equipe do “Do Nada, um Podcast” vai responder em um bate-papo entre Mariana de Paula, Milena Anjos e Leandro Souza no último episódio da série Afrobaianos veiculado na próxima sexta-feira (07) em todas as plataformas de streaming.

Intitulado “Novos Sons Afrobaianos”, o último episódio da temporada traz três participações especiais. O jornalista e pesquisador Marcelo Argôlo, realizador da Ando.Digital, fala de sua pesquisa intitulada “Ativismo Negro na Cena de Música Pop de Salvador”. A produtora cultural Edmilia Barros – que trabalha com diversos artistas, como Bruna Barreto e Orkestra Rumpilezz – mostra os desafios da produção na cena musical. Por fim, a também produtora cultural Camila Brito, uma das idealizadoras do Festival Batida das Pretas, explica a importância desse projeto, que é um espaço de troca, incentivo e fortalecimento entre mulheres negras e indígenas, atuantes na cena musical baiana.

A série Afrobaianos vem desde o primeiro episódio abordando diversos gêneros musicais como o samba, o reggae, e o rap, mas, neste décimo episódio da série, o objetivo do trio de apresentadores é falar sobre cantores e cantoras, artistas e ritmos diversos da música preta baiana na atualidade. Para Leandro Souza, falar sobre esses novos sons marca a originalidade da música preta, pois “o que está surgindo agora carrega diversas marcas dos outros ritmos que abordamos ao longo da série. O interessante é observar quais foram as transformações e ver o que vai se destacar na música preta nos próximos anos”, afirma o apresentador.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Sobre o Do Nada, um podcast – Criado pelos produtores culturais e amigos Milena Anjos, Mariana de Paula e Leandro Souza, o podcast surge como uma oportunidade de externar as diversas discussões e debates que eles tinham sobre vários assuntos pelo Whatsapp. A ideia era se conectar com mais pessoas a partir de discussões sobre raça, gênero e sexualidade da forma mais leve e informal possível. Assim, meio que do nada, nasce um podcast. Temas sociais, de relacionamento e coisas do cotidiano de três jovens pretos em Salvador são as principais abordagens do programa.

Serviço

Episódio final da série “Afrobaianos” do Do Nada, um Podcast
Quando: 07 de maio, próxima sexta-feira
Onde: https://anchor.fm/do-nada
Quanto: Grátis
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.