LAB

14/01/2022 12:00

#LeiAldirBlanc – Rodas de conversas sobre saúde mental irão reunir adolescentes e jovens de bairros de Salvador

C


A performance “A Teia” é caracterizada por ser uma expressão audiovisual e pretende desenvolver rodas de conversas sobre saúde mental com 50 adolescentes e jovens dos bairros de Sussuarana e Nova Esperança em Salvador, com idade entre 15 e 21 anos. As inscrições ocorrerão no período de 17 a 20 de janeiro de 2022, através do link disponibilizado na bio do Instagram @oficina_saudemental e a programação completa das atividades também será divulgada na mesma página. 

 

As oficinas têm por objetivo utilizar das mídias sociais para o enfrentamento de múltiplos fatores impactam na saúde mental de adolescentes e jovens. Todas serão executadas no formato metapresencial, com atividades síncronas e assíncronas, através de plataformas digitais, como: Google Meet, Instagram, Spotify e Youtube.


C

 

O desenvolvimento do ciclo de oficinas estará norteada pela execução da Performance "A Teia". A referida performance foi elaborada no ano de 2019 pela performer Elisabete Vitorino e tem sido executada desde então para abrir debates, palestras, oficinas e rodas de conversas com adolescentes e jovens. A proposta visa ainda servir como eixo multiplicador e difusor artístico-cultural, através da formação de jovens multiplicadores da temática da criação, gravação e manutenção de um PodCast protagonizado pelos adolescentes e jovens. 

 

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura (Prêmio Cultura na Palma da Mão/PABB) via Lei Aldir Blanc, redirecionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.  

 

Prêmio Cultura na Palma da Mão – A convocatória foi elaborada para a execução dos recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc, redirecionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. É voltado para iniciativas culturais das categorias Difusão Artística; Culturas Periféricas; Culturas Rurais; Memória e Tradições; Cultura LGBTQIA+, que devem utilizar as redes sociais ou plataformas de streaming para realização das propostas.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.