Arquivo de Vídeos


25/02/2017
Ritual do padê realizado pelos Filhos de Gandhy

Antes da saída em direção à avenida, o afoxé Filhos de Gandhy realizou no Largo do Pelourinho o tradicional “Padê”, cerimônia originária das religiões de matrizes africanas. “Para nós significa uma oferenda ao Orixá escravo com o objetivo de sinalizar e mapear todo o circuito do Carnaval para que tudo corra bem. Essa energia retorna para nós e podemos a partir daí tocar a zabumba que a terra é nossa!”, explica Tio Souza, guru espiritual do Afoxé Filhos de Gandhy. “Nós não somos apenas uma entidade carnavalesca. Somos uma entidade representativa da cultura afro e da diversidade cultural e religiosa que há na Bahia”, complementa.

Repórter: Cristiane Fernandes

Imagens: Felipe Teles