Patrimônio

30/06/2020 13:45

Live apresenta a participação de mulheres e escravizados no 2 de Julho


w

Na próxima quinta-feira, quando se comemora o 2 de Julho, o Museu Tempostal promove uma live às 17h no Instagram @museusdabahia. A museóloga do Tempostal, Aiala Gonçalves, conduz a live com o tema "2 de Julho: Guerra da Independência da Bahia" que terá como convidada e Raiza Canuta da Hora (mestre em História Social - UFBA). Raíza vai abordar o 2 de Julho sob a perspectiva dos grupos participantes, mas que historicamente foram excluídos, como mulheres e escravizados. "Também vamos contemplar o grupo das pessoas comuns que estiveram envolvidas nas batalhas do 2 de Julho. Sem esquecer da importância dessa batalha para a Bahia e quem foi Maria Quitéria", completa.


O acervo do Museu Tempostal é composto por postais, estampas e fotografias, em sua maioria, procedentes da coleção de Antônio Marcelino do Nascimento. As peças, datadas do final do século XIX e meados do século XX, representam imagens de valor histórico, artístico e documental, não só da Bahia e do Brasil, mas também de diversos países do mundo, sobre as mais variadas temáticas.  O Museu Tempostal integra os espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).   
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.